Retomando a economia com a transformação digital

 Apesar da previsão pessimista para a economia, em tese, os setores industriais com adoção dos processos de tecnologia digital e automação têm excelentes perspectivas de ganho.

Os debates do setor já fazem parte de uma certeza: entidades que adiantaram o processo de transformação digital tiveram menos dificuldades para lidar com os desafios advindos com o Covid-19. Entre as evidências estão, a forma rápida como elas se adaptaram ao trabalho home office e a operação de ativos de forma remota.  No “novo normal” o incremento tecnológico atende a redução das aglomerações no chão de fábrica, para que eles sejam revistos e provavelmente eliminados com a adoção da robótica. Afinal, os processos digitais são o que fazem com que os negócios venham a ter resiliência.

Há muito tempo se falava sobre a inteligência de dados, armazenamentos seguros, mas após a pandemia o ERP foi essencial para que as empresas pudessem ter controle de suas operações e permanecerem no mercado de forma organizada e sem interrupção do processo. Foi dessa forma, que mantiveram a rotina e sem comprometer operações, de modo que muitas empresas conseguiram retomar suas atividades dentro da crise, e dentro do possível do cenário atual.

Isso tem se tornado um tipo de modelo de negócios mais inteligente, otimizado e produtivo. Assim que perceberam como a tecnologia poderia transformar seu processo de trabalho, elas embarcaram nesse novo cenário e se reinventaram.

A tendência é que apenas empresas com esse visão irão vencer essa corrida contra o tempo e conseguir por um fim e chegar ao “novo normal”.

Deixar um comentário